Banner
DiviNews Mundo Geral MANIFESTAÇÕES #DIVINÓPOLIS: Gilberto Osório, Promotor de Justiça diz que réus com processos criminais precisam ser afastados
Seg, 05 de Dezembro de 2016 08:15 - Atualizado ( Ter, 06 de Dezembro de 2016 23:40 )

MANIFESTAÇÕES #DIVINÓPOLIS: Gilberto Osório, Promotor de Justiça diz que réus com processos criminais precisam ser afastados

DiviNews
O Promotor de Justiça Gilberto Osório, da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, em Divinópolis, em entrevista ao DIVINEWS, afirmou que a sociedade brasileira precisa se conscientizar da força que tem. Criticando o lamentável fato da Câmara Federal em um momento de tristeza e comoção social, ter se aproveitado para votar um projeto que enfraquece o Judiciário e o Ministério Público, considerou o ato da votação na Câmara e a tentativa de Renan em pautar em regime de urgência a votação do projeto de combate a corrupção totalmente desfigurado, em que o MP e o Judiciário seriam encurralados, como uma traição, com a justificativa do abuso de autoridade. Gilberto explicou que o MP já está submetido à lei de abuso de autoridade, e que tal lei é de 1975, que ele entende que é possível fazer algumas modificações em tal lei. E desabafou: “Em um momento como esse de tragédia mundial, quando precisamos fortalecer as instituições, para o enfrentamento da corrupção, aprovar medidas como essa de enfraquecimento do Ministério Público e do Judiciário, não pode ter outro nome, se não encurralar e pretender inibir as investigações que estão em curso, tendo em vista o grande número de políticos que estão envolvidos em atos de corrupção” – O titular da Promotoria da Defesa do Patrimônio Público, finaliza dizendo que a população brasileira está de parabéns, ela tem que seguir nas ruas, mobilizada, por que só assim vamos conseguir alterar esse panorama para a salvação desse país, isso por que o político representa o povo e não sua voz isolada.


"Há esperança e não vamos desistir de perseguir esse sonho" – Quando instado a responder sobre o que o MP espera, Osório afirmou que a partir das manifestações, do povo nas ruas, o mais coerente e logico é que o Congresso recue de sua intenção, aprovando as 10 medidas contra a corrupção, no conjunto original e não de forma remendada como foi feito para atender interesse muitos particulares da corrupção e da ilicitude. “Pretende-se com isso que tenhamos a responsabilidade de afastar as pessoas que são réus dentro de processos criminais. Não podemos tolerar que um réu de um processo criminal, seja presidente de uma Casa Legislativa tão importante, quanto é o Senado Federal. A expectativa do povo brasileiro, é que isso tudo entre no eixo, e quem está fora da curva que se adapte, para poder trazer ao Brasil a esperança, que todos nós merecemos e queremos ter”.




 
Imprimir E-mail PDF
Comente esta notícia
Busca RSS
marilia  - sei   |2016-12-16 11:59:55
denuncias contra tucanos corruptos vão pra gaveta.
Anônimo   |2016-12-08 17:16:02
Que cara de bêbado desse promotor
Ricardo  - Turna de patifes   |2016-12-05 19:07:12
Esses deputados que votaram a favor são uns canalhas.
todos ladrões.
Estão querendo se safar.
Parabéns a quem foi na manifestação.
Quem não foi que não reclame. Fique quieto na sua humilde insignificância.
Brasileiro é foda mesmo. PQP.
Por isso estamos nessa merda.
Na hora de exercer seus direitos a turma prefere ficar em casa vendo faustão.
Que povinho mais ignorante.
Tem que se fuder mesmo.
Anônimo   |2016-12-05 17:16:57
Os "deuses do olimpo" são meramente mortais. O judiciário de forma geral tem sim de responder por abusos e erros. São partidários e como tal devem responder na integra pelos seus "erros". Vomitaço.
Anônimo   |2016-12-05 17:14:01
Esse promotor está se achando, né;
maria  - Mais um trampulim   |2016-12-05 14:37:40
Estive lá ontem naquela patimentira, naquela patifaria, olha quem tava lá, uma turma pra subir no trampulim, e abrir seus penachos como pavões, custei ficar 20 minutos, pena daqueles que não entenderam o picadeiro que estava a se formar com palahços, e plateia...
Eduardo  - Notícia Urgente   |2016-12-05 13:21:13
"Por Nivaldo Souza, no UOL:
Uso do cargo para beneficiar loja maçônica, vendas de sentenças, relações pessoais com traficantes e assédio sexual a servidoras de tribunais. É grande a lista de crimes cometidos por juízes e desembargadores em todo o país que levou o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) a determinar a aposentadoria compulsória de 48 magistrados desde 2008. A punição por aposentadoria compulsória custa aos cofres públicos anualmente R$ 16,4 milhões em pensões vitalícias e valores brutos, conforme levantamento inédito feito pelo UOL." É só ir na página do UOL e conferir.
zezé antonho  - Neocoxinhas   |2016-12-05 12:55:15
Estes caras que estão indo à rua protestar, em sua maioria, são neocoxinhas. Sempre elegem suas alvos, de preferência petistas e representantes de trabalhadores. Eles não tocam também nos protegidos Aécio e Cia tucana e sempre elegem um "salvador" da pátria para salvar o país. Na verdade, são alienados e conservadores.
anonimo   |2016-12-05 08:58:17
juizes e promotores tem sim que responder e pagar pelos abusos e erros praticados
povo honesto  - nós somos dr.sergio morõ e o judiciario brasíl   |2016-12-05 08:51:14
Mais o que seria abüso na boca de politicõ? Presta atenção politicõ no. Brasil trabalha na grandeza das vezes em beneficío proprio
Anônimo   |2016-12-05 08:37:45
Eles se acham dono da verdade. Lei de abuso de autoridade para eles sim, afinal não estão acima da lei
Braulio Santos   |2016-12-05 08:24:05
Esse judiciário brasileiro é uma vergonha! Fico admirado parte da sociedade lutar pelos privilégios dessa turma.
eu   |2016-12-05 07:42:27
Eu sou o judiciaríõ. So loúco apoia politico
Anônimo   |2016-12-05 07:18:47
O projeto não enfraquece o judiciário ou o ministério público, ele proíbe ABUSOS.
Toloba   |2016-12-05 09:30:58
Exatamente. E se o Sr. Juiz não praticasse abusos, essa questão não o incomodaria nenhum pouco.
Rafael Matos   |2016-12-05 09:33:19
Se jura né!!!!!
Rafael Matos   |2016-12-05 09:33:53
Se jura né!!!!
nick   |2016-12-05 10:38:59
O projeto é INCONSTITUCIONAL, pois fere a independência do Poder Judiciário, ao criar o abominável crime de hermeneutica: querem criminalizar a forma de um Juiz interpretar a lei a ser aplicada.
Ou seja, não enfraquece o Poder Judiciário, simplesmente, o ANIQUILA, pois a essencia da aplicação da Lei é sua interpretação!!!
Anônimo   |2016-12-05 18:12:02
Sr., nao se trata de criar crime de hermenêutica. O problema é que a interpretação tem sido feita tão fora da curva que convicção tem sido equiparada à prova.
Escrever um comentário
Nome:
E-mail:
 
Website:
Título:
 

Buscar matérias no Divinews

Show de prêmios e ofertas ABC

You must have the Adobe Flash Player installed to view this player.